Dieta low carb e Covid-19

A dieta low carb melhora ou piora os sintomas do coronavírus?

Sim, estamos vivendo uma pandemia. A Covid-19 está aí e o que podemos fazer é nos manter seguros e saudáveis. Não há comprovação de que a dietas low carb ou cetogênica tenham alguma influência no coronavírus. Temos porém, comprovação que diabéticos, hipertensos e obesos fazem parte do grupo de risco. 

Como já vimos neste blog, as dietas low carb ajudam não apenas com a redução de peso, mas também ajuda a controlar a diabetes e hipertensão. 

Além disso, sabemos que ficar em casa devido ao isolamento, a ansiedade aumenta, fazendo com que muitas pessoas consumam ainda mais carboidratos. A low carb irá diminuir a vontade de comer doces e de beliscar o dia todo.

Por este motivo, trazemos 4 dicas para te ajudar a manter ou começar a dieta low carb ou cetogênica neste período de isolamento. Olha só:

1. Adote o distanciamento social agora

Mesmo que os governos federais, estaduais e municipais venham a relaxar as medidas de isolamento, faça a sua parte para ajudar a diminuir a propagação do vírus e achatar a curva de contágio. Isso significa:

  1. Mantenha constantemente uma boa higiene das mãos, lavando bem as mãos com água e sabão ou usando álcool em gel 70%
  2. Não toque no seu rosto
  3. Evite aglomerações
  4. Mantenha uma distância mínima de 1 metro dos outros
  5. Fique em casa se estiver doente
  6. Se possível, trabalhe em casa
  7. Evite transporte público quando possível; caminhar é mais seguro
  8. Faça o auto-isolamento se estiver viajando ou se sentir que foi exposto ao vírus

Esse distanciamento social tem o objetivo de achatar a curva do aumento no número de casos, reduzirá a chance de nossos hospitais e UTIs ficarem sobrecarregadas. Sim, o nosso sistema de saúde já é precário sem a Covid-19, agora imagine o que pode acontecer se milhares de pessoas se contaminarem ao mesmo tempo. Além da demanda “regular” (infartos, acidentes, etc) agora temos a demanda por coronavírus. Sim, muitos casos são assintomáticos, mas vários outros não são. Por isso, é melhor prevenir do que remediar e o distanciamento social ajudará a reduzir a necessidade de adotar ações e medidas emergenciais mais drásticas posteriormente. 

2. Tenha em sua geladeira e freezer opções low carb

Sabemos que neste momento muitas pessoas optam em comprar alimentos não perecíveis como arroz, feijão e outros grãos. Lembre-se de que não há necessidade de estocar alimentos. Os supermercados estão abertos e abastecidos e se você não pode sair de casa, há opções de supermercados online. Não compre alimentos que você não gosta e nunca comeria em situações normais, apenas porque o coronavírus está circulando. Opte por opções low carb. 

  1. Ovos – os ovos podem durar na geladeira por pelo menos cinco semanas 
  2. Creme de leite
  3. Queijos – queijo cheddar, mussarela e cream cheese são muito úteis para receitas.
  4. Legumes – use alface e verduras primeiro, mas vegetais mais resistentes, como couve, abobrinha, aipo, erva-doce, brócolis, couve-flor podem durar algumas semanas, se forem armazenados adequadamente na gaveta de legumes.
  5. carne e / ou peixe – carne moída, bacon, lingüiça e bifes, filés de peixe, peito de frango, coxa e sobrecoxa de frango
  6. manteiga

Se algum dos itens estiver próximo da data de validade, divida-os em porções menores e armazene-os no freezer.

Diversos legumes como berinjela, cenoura, brócolis e couve-flor podem ser branqueados e congelados. Para branquear um alimento você deixará o ingrediente na água fervente por 3 a 5 minutos de acordo com o tamanho e rigidez do alimento, depois irá retirá-lo e jogá-lo diretamente em água bem gelada para resfriar por 1 a 2 minutos – se necessário, coloque água com gelo. Você deve salgar a água do cozimento. Faça o branqueamento de um tipo de legume por vez. Seque bem e congele. 

Baixe gratuitamente a nossa lista de compras low carb

3. Tenha em sua despensa opções low carb

Existem diversos alimentos que você pode guardar na despensa que são low carb. Você não precisa de todos, mas pense nos que você gostaria de usar com base em suas preferências pessoais.

  1. Produtos enlatados e de vidro – sardinha, atum, tomate pelado inteiro, pasta/extrato de tomate, azeitonas, e palmito
  2. Farinhas de nozes – farinha de amêndoa e farinha de coco
  3. Oleaginosas – nozes, macadâmia, amêndoas e castanhas, mas consuma com moderação
  4. Carne seca, carne de porco defumada
  5. Produtos secos diversos – não se esqueça de azeite de oliva ou outros óleos de cozinha, ghee, sal e pimenta, temperos secos, cebola e alho

Veja aqui a nossa lista de alimentos permitidos na low carb

4. Verifique as datas de validade dos alimentos.

A verdade é que não queremos que nada nos falte, mas não há necessidade de estocarmos comida por causa da pandemia. Nem antes, nem durante e nem depois da pandemia devemos jogar comida fora. Precisamos sempre evitar o desperdício. Por isso, compre apenas o que precisa por no máximo 2 semanas e verifique as datas de validade dos alimentos. 

Um truque simples é fazer uma lista de todos os itens da sua despensa, geladeira e freezer e anotar as datas de validade. Prenda na sua geladeira. Então, ao planejar suas refeições, tente usar itens antes que eles expirem.

Ao riscar um item da lista, você saberá facilmente o que precisa reabastecer quando fizer compras novamente.

Em resumo, precisamos fazer a nossa parte e nos mantermos saudáveis e seguros. Mantenha as mão sempre limpas, higienize todos os alimentos assim que chegar em casa, não estoque comida, compre apenas o que realmente precisa. Faça refeições saudáveis, com baixo teor de carboidrato não apenas para emagrecer mas também para controlar a diabetes e a hipertensão. 

Conheça agora o nosso Kit Definitivo Low Carb, com cardápios completos, receitas e muito mais!

Fique calmo, seguro e saudável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *